CARREGAR MAIS

Atrações do Fórum New Mobility World 2018 na Alemanha

15/10/2018 16h31 Atualizado em 15/10/2018 21h55
 

Por Redação Transpodata

redacao@transpodata.com.br

Fórum New Mobility World 2018

O futuro dos transportes públicos nas cidades foi a questão central de um dos painéis do Fórum NMW que aconteceu entre 24 e 27 de setembro em Hannover (Alemanha).

Nesse painel, os dados logísticos funcionaram para consumidores e empresas através de plataformas de transporte abertas, digitalização de negócios de agenciamento de carga e a integração de on-demand em massa para soluções de trânsito. 

Bernd Heid da McKinsey & Company falou sobre a Rota 2030 - A Via Rápida para o Futuro da Indústria de Veículos Comerciais. Foi interessante notar que no segmento de ônibus, a China é de longe a líder. Mais de 90% dos ônibus vendidos para as cidades da China são

elétricos, com o objetivo de mudar o modelo de negócios tradicional até 2030.

Shenzhen, por exemplo, está liderando à medida que a cidade eletrificou sua frota de ônibus completa nos últimos 5 anos, o que acumula mais de 16.000 ônibus. Em 1979, Shenzhen era apenas uma pacata vila com cerca de 30 mil habitantes que ficava na fronteira de Hong Kong. Hoje, a cidade da província de Guangdong tem uma população com mais de 11 milhões de pessoas impulsionada por trabalhadores que fazem de tudo o que se possa imaginar. 

Não é à toa que a antiga pacata vila, hoje é a cidade mais rica da China, com preços imobiliários que em 2016 superaram os da capital Pequim e de Xangai. Um turista que chega à Shenzhen pela primeira vez se surpreende ao não encontrar fábricas cinzas, mas belíssimos museus, grandes mercados tecnológicos, cervejarias e bares elegantes.

 
LEIA TAMBÉM