CARREGAR MAIS

Mercedes-Benz mobiliza todos os funcionários para atender clientes

30/01/2019 16h31 Atualizado em 30/01/2019 16h37
 

Por Redação Transpodata

redacao@transpodata.com.br

Durante o evento inédito chamado de Dia D Cliente, realizado no dia 29 de janeiro, todos os funcionários, tanto das áreas administrativas como produtivas, e também do Banco Mercedes-Benz, SelecTrucks e Reman se reuniram à rede de concessionários para receber um grupo de 20 grandes frotistas de caminhões e ônibus na empresa.

O propósito desse encontro foi ouvir, entender e transformar em realidade os pedidos dos clientes com mais assertividade, agilidade e rapidez. “As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve é um lema que está cada vez mais forte em nossa atuação no mercado de veículos comerciais. Mas, além de nossos representantes de Vendas e Pós-Venda, todos os colaboradores da nossa empresa, coligadas e rede de concessionários também precisam vivenciar essa estratégia diariamente".conta Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina.

O Dia D Cliente nasceu com a missão de envolver toda a Mercedes-Benz do Brasil em uma mudança de comportamento em que o cliente seja sempre o foco de atenção. O evento, que aconteceu durante todo o dia, foi dividido em três etapas. Na primeira, chamada “Voz do Cliente”, foram realizados painel e palestras com o intuito dos participantes ouvirem quais são as expectativas dos transportadores e suas necessidades em produtos e serviços e como é realizar negócios com a Mercedes-Benz.

Na segunda parte, “Sessões com os Clientes”, diversas salas foram reservadas para que os empregados e transportadores avaliassem cada etapa da jornada que percorrem juntos, do pré ao pós-venda, explorando novas oportunidades. E por fim, na última parte, “Pontos Críticos”, colaboradores, concessionários e coligadas definiram soluções e prazos para cada demanda apontada pelos clientes.

Para que todos os colaboradores se envolvessem nessa programação, telões foram espalhados pelas linhas de produção e foram utilizados espaços de eventos e salas de reuniões, dentro da fábrica de São Bernardo do Campo. Além disso, foram realizadas transmissões ao vivo para todas as fábricas de veículos comerciais da Mercedes-Benz do Brasil.  

Estamos muito felizes pela realização desse evento estratégico e, principalmente, pelo engajamento de todos os participantes. Em um mesmo dia, conseguimos avaliar as demandas de um grupo de clientes dos mais representativos segmentos de transporte do Brasil e o mais importante: já endereçamos a solução para cada área responsável. Certamente, esse evento teve um impacto positivo para toda a nossa rede de atuação e veio para ficar entre as principais atividades da nossa empresa”, comenta Schiemer.

Além de 100% da companhia envolvida no Dia D Cliente, a Mercedes-Benz do Brasil contou com a participação da Liga Ventures, que é responsável pelo programa Liga AutoTech, especializado em inovações voltadas ao setor automotivo e que promove a conexão entre empresas e startups. Assim, também foram exploradas novas oportunidades de negócios a partir das sugestões dos participantes. “Para a Mercedes-Benz do Brasil sempre há oportunidades de aperfeiçoamento do nosso atendimento aos clientes. A nossa liderança tanto no segmento de caminhões quanto de ônibus não nos limita a acreditar que está tudo certo. Pelo contrário, vamos continuar trabalhando para ouvir as estradas e fazer com que a atitude de cada colaborador tenha reflexos positivos para os nossos clientes”, afirma Schiemer.

As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve

Há 4 anos, a Mercedes-Benz do Brasil lançou o slogan “As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve”. Desde então, a empresa tem ido a campo para ouvir dos próprios clientes quais seriam as suas necessidades operacionais. Já foram desenvolvidos, inclusive, diversos caminhões e ônibus com aplicações específicas solicitadas pelos transportadores.

Nesse sentido, também foi criado no ano passado o “Embaixador da Voz das Estradas” para uma maior interação com clientes de todo o Brasil. Motorista com mais de 50 anos de experiência, João Moita tem sido um interlocutor entre os caminhoneiros e a fábrica, buscando entender e trazer para a empresa cada vez mais as demandas do transporte brasileiro.     

Agora, a companhia dá mais um passo para o engajamento de todos os colaboradores nessa missão. “O Dia de Cliente dá uma nova dimensão ao slogan ‘As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve’ à medida que envolve toda a empresa na estratégia 100% focada no cliente”, comenta Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Tudo pela satisfação dos clientes  

Com a realização do Dia D Cliente, a empresa, que completará 63 anos de Brasil, busca manter a liderança de vendas nos segmentos de caminhões e ônibus e, também muito importante, sua posição de Top of Mind entre os clientes brasileiros e de exportações.

“Para assegurarmos uma melhor satisfação dos nossos clientes estamos envolvendo, com o Dia D, desde o engenheiro que desenvolve o produto, como também o montador da linha de produção e também profissionais de todas as áreas indiretas. Ou seja, todos nós mercedeiros estamos trabalhando para sermos a número 1 no atendimento ao cliente e em todo o ciclo de vida do seu produto, do pré ao pós-venda. Essa é a estratégia da Mercedes-Benz do Brasil”, declara Leoncini.

Para 2019, a companhia prevê manter a sua liderança em caminhões com um mercado total brasileiro em torno de 88 mil unidades. No segmento de ônibus, o tradicional primeiro lugar também deve ser garantido em um mercado interno estimado em 14 mil unidades no ano.

“Pelos sinais do mercado, mais propício para renovações e ampliações de frota, devido a um ambiente econômico mais favorável, 2019 deverá ser melhor do que 2018 para os negócios de veículos comerciais. O Dia D, portanto, vem para somar. Nos permite enxergar as oportunidades futuras e conscientizar cada funcionário de que ele deve estar sempre em sintonia com o que cliente espera da Mercedes-Benz do Brasil”, conclui Schiemer.

 

 
LEIA TAMBÉM